"As vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido”
(Fernando Pessoa)

1 de maio de 2012

SUBINDO A SERRA NEGRA MAIS UMA VEZ

Bikers: Emerson, Polanski, Emir, Leandro (Panda) e Marconi
Data do pedal: 15/04/2012

Atendendo a vontade da galera, marcamos de subir a Serra Negra (Betim/MG) mais uma vez. Exceto Eu, todos os demais nunca tinham percorrido as trilhas que chegam ao topo da Serra Negra, portanto a expectativa era grande.

Conforme previamente combinado, reunimos em frente a Padaria Concórdia na Avenida Amazonas e as 07:00 horas partimos rumo ao nosso destino.

O detalhe curioso ficou por conta do Marconi. Ele ia pedalar para outras bandas, mas perdeu da galera logo na saída e acabou indo com a gente.

Partimos em direção a Fazenda Santa Cruz, subimos rumo a mineração abandonada e seguimos até o topo da Serra Negra, desta vez sem ficar perdidos no meio da trilha. Ficar perdido na primeira vez que faz a trilha, ainda dá para dar um desconto, mas na segunda em diante, aí é feio!

 

Desta vez não teve ducha no alto da serra, não havia uma gota d’água na caixa.

Depois da pausa para descanso e lanche partimos em direção a Trilha dos Bandeirantes. Antes de chegar em uma cascalheira abandonada o Marconi perdeu o Ciclocomputador. Com o auxílio do Leandro (Panda) retornaram um pouco na trilha e por pura sorte acharam o equipamento.

Retornamos a Betim passando pela Trilha dos Bandeirantes, Chacreamento Novo Mundo e saímos perto do Kartódromo. Desta não ficamos perdidos, não teve tombos e nem pneu furado, mas a galera achou a trilha nota 10.

Afinal também não faltou adrenalina em muita trilha técnica e descidas empolgantes.

Segue abaixo algumas fotos do pedal:

Emir, Polanski, Marconi e Eu (Emerson)

Emir, Leandro(Panda), Marconi e Eu (Emerson)

Eu (Emerson), Emir, Polanski e Marconi

Polanski e Emir admirando a paisagem

Leandro (Panda), Polanski e Emir

Marconi, Leandro (Panda), Eu (Emerson) e Emir 

Topo da Serra Negra

Eu (Emerson) c/ topo da Serra Negra ao fundo

Eu (Emerson) e Polanski

Eu (Emerson), Emir, Marconi e Polanski

Eu (Emeron), Emir, Leandro (Panda) e Marconi

Marconi, Emir, Leandro (Panda) e Eu (Emerson)


Nenhum comentário:

Postar um comentário