"As vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido”
(Fernando Pessoa)

24 de outubro de 2011

Pedal de fim de semana versus chuvas


Depois de mais de 100 dias de sol, finalmente as chuvas estão de volta. Nesse período de seca as queimadas fizeram estragos em áreas de pastagem e matas, obviamente não obedecendo limites de áreas protegidas e muito menos habitat's da fauna. O calor, o ar seco, a poluição agravada pelas queimadas causaram desconforto e danos à saúde, principalmente de crianças e idosos.

As primeiras chuvas são um alívio. Finalmente vemos ambientes completamente cinzentos ganharem vida. O verde ressurgindo das cinzas. Os DEUSES das chuvas voltaram a reinar.

Como nem tudo é perfeito, os DEUSES das chuvas estão contra nós ciclistas de fim de semana. Fim de semana passada foi chuva só e agora neste também. Neste fim de semana eu jurei que iria pedalar com chuva ou sem chuva. Acontece que o domingo amanheceu debaixo d'água. Além de obviamente molhada, a chuva estava gelada, então resolvi ficar debaixo do cobertor.

Então convoco a todos os ciclistas de fim de semana a orar pelos DEUSES do Sol, suplicando uma trégua da chuva no fim de semana, ou porque não chover somente a noite? 

E olha que a segunda-feira amanheceu com um céu maravilhoso, sem uma nuvem . . .  

Nenhum comentário:

Postar um comentário